Mes: septiembre 2017

Os esquecidos do Oscar 2017

Sabemos que 2016 foi um ano repleto de incríveis filmes com trilhas sonoras incríveis, por isso hoje falarei dos esquecidos do Oscar 2017 que não por isso deixam de ser óptimos.

Quando a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulga a lista de indicados em 24 categorias no Oscar, sempre há surpresas, desilusões e grandes esquecidos. Entre os nomes que os membros da instituição ter deixado para trás nesta edição 89 do filme mais importante premiação perca especialmente actrizes Amy Adams e Annette Bening e cineasta Martin Scorsese.

A protagonista ruiva de a chegada e animais nocturnos parecia um candidato claro na categoria de melhor actriz. Ela foi nomeada para o Globo de Ouro, Bafta e os críticos elogiaram seu trabalho em ambas as produções. No entanto, não foi capaz de adicionar a sua sexta indicação e alguns já lhe deixaram com a fama de “azarada”. Leonardo DiCaprio que estava com essa má sorte até o ano passado, finalmente a quebrou e ganhou seu primeiro Oscar após cinco indicações.

Animais noturno

Adams, de 42 anos, e uma das atrizes mais populares e aclamadas da temporada, apareceu nas indicações como a melhor artista feminina do filme de ficção científica por Denis Villeneuve, embora a estatueta também poderia ter passado despercebido para a disputa em seu papel de mulher atormentada no segundo filme sobre a direção de Tom Ford.

Em um primeiro momento seu nome apareceu no site oficial do Oscar como uma das cinco indicadas para melhor atriz por a chegada, mas logo depois foi substituída por Ruth Negga. Um erro que foi visto por milhares foi visto por diversos meios de comunicação e que deixou a Amy sem indicação.

Tom Hanks foi também uma vítima do mesmo erro. Os dois – ganhador do Oscar por Forrest Gump e Philadelphia passou por um mau momento depois de ser brevemente indicado para melhor actor por seu papel em Sully, incluindo como o sexto candidato no site do Oscar depois de Casey Affleck, Denzel Washington, Ryan Gosling, Viggo Mortensen e Andrew Garfield. No final, a responsabilidade desse duplo erro foi assumida pela ABC digital empresa no responsável pela comunicação da Academia de Hollywood, que emitiu um comunicado pedindo desculpas aos diferentes meios de comunicação.

Nas categorias de interpretação fizeram falta a magnífica Annette Bening (20th Century Mulheres), Joel Edgerton (Amar), Michael Keaton (fundador), Adam Driver (Paterson), Hugh Grant (Florence Foster Jenkins) e Aaron Taylor-Johnson. Este último levou o Globo de Ouro de melhor ator de apoio por animais noturnos e, em vez optar por Oscar o sempre eficaz Michael Shannon por seu papel de polícia mal no mesmo filme.

Enquanto isso, Martin Scorsese, vencedor do Oscar como melhor diretor por Os infiltrados (2006) viu como sua acadêmica ignorava Silêncio, seu filme religioso estrelado por Andrew Garfield, Adam Driver e Liam Neeson. A única menção que conta é de a melhor fotografia para o mexicano Rodrigo Prieto. Nem seu trabalho por trás da câmera nem seu filme foram recompensados.

Embora não tenha começado com tantas opções como Scorsese, outro cineasta veterano como Clint Eastwood, com dois Oscar de melhor diretor em seu extenso histórico, teve que se contentar com uma única nomeação para Sully. Sua particular homenagem ao pilote de aviação Chesley Sullenberger só terá a opção de melhor edição de som.

Finding Dory

O último dos esquecidos do Oscar 2017 é o filme Finding Dory, da fábrica Disney-Pixar e um dos filmes mais animados e de melhor bilheteria em filmes de animação de 2016 também chamou a atenção por sua ausência.

Claro que há muito mais. Mas e você, qual filme que assistiu e gostou acha que ficou entre os esquecidos do Oscar.

Saiba por que não deve perder os dois últimos filmes de Star Wars

Resultado de imagen de star wars

Já são sete filmes da Guerra das Galáxias, mas com certeza o universo Star Wars continuará. Segundo os seus criados, só faltam dois últimos filmes de Star Wars para concluir a história que começou em 1977, com o estreio do Episodio IV: Uma Nova Esperança. Desde então Star Wars não tem parado de crescer e de criar fãs.

Enquanto esperamos os últimos filmes de Star Wars – Episódio VIII e IX – de Disney, vamos a ver porque não se deve perder o universo galáctico criado já há mais de 30 anos pelo George Lucas:

Filmes de Star Wars: Tudo o que têm conseguido

Resultado de imagen de star wars

Os records e as vendas que tem conseguido esta saga são extraordinários. A primeira trilogia arrecadou, aproximadamente, 1.788 milhões de dólares, enquanto que a segunda trilogia teve total em torno dos 2.422 milhões dólares. Por isso, não é de estranhar que o Episódio VII tenha sido o filme mais comentado, no respetivo ano, em Facebook com 53 milhões de pessoas.

Isto é o resultado de muito trabalho. Um esforço reconhecido por todos os expertos. Todos os episódios têm acumulado em conjunto 30 nominações aos Óscares, ganhando 7 estatuas.

Por isso, Star Wars é sinónimo de sucesso, razão pelo qual a Disney decidiu comprar o franchising há uns anos por 4.000 milhões de dólares.

Filmes de Star Wars: Seus efeitos especiais

Já vimos como o diretor de “The Force Awakens”, J.J. Abrams, tem sido aclamado pelo seu fantástico sucesso de bilheteira. Temos que lembrar que o proprietário da produtora de cinema Bad Robot Productions, também é famoso por ser o diretor dos primeiros novos filmes de Star Trek.

No entanto, se falamos da magia de Star Wars há que mencionar os seus efeitos especiais, um aspeto sempre vanguardista em estes filmes. Aqui pode ver como foi feito o Episódio III.

Filmes de Star Wars: O desenlace

No episódio VII, há histórias que surgem do passado, como outras que são novas e que se desenvolveram nos próximos filmes. Quem eram os pais de Anakin? Porque está Kylor Ren no lado escuro? Por que Luke Skywalker estava desaparecido até o filme do Episódio VII? Tornou-se em um Sith como o seu pai? Mas sobretudo a maior duvida gira por volta de Snoke, o novo líder supremo do lado escuro. Uma das teorias que tem cobrado mais força, é que Snoke poderá ser Darth Plaguius. Uma personagem que já foi mencionada em outros filmes, mas que não chegou aparecer de forma explicita.

Filmes de Star Wars: Novas personagens

  • Daisy Ridley. A protagonista da nova saga, que lhe acompanha durante o filme o pequeno androide, BB8.
  • Finn. Um stormtrooper desertor da Primeria Ordem, este muda de lado e torna-se em um soldado da Resistência, junto à Ridley e o BB8.
  • Kylor Ren. Sem dúvida o vilão desta nova saga. O caracteriza a sua presença, poder e personalidade.  Segue os passos de um dos maiores vilões da historia do sétimo arte, o Darth Vader.
  • Poe Dameron. A Resistência conta com um avançado piloto, especialista em acrobacias e derrubar nave inimigas. Poe é um líder aéreo com carisma e o protetor do simpático androide BB8.

Filmes de Star Wars: Sua banda sonora

Nascido em 1932, com 84 anos, John Williams é o criador da BSO da Guerra das Galáxias. Uma compilação de canções, que têm influenciado gerações de pessoas, assim como a história do cinema

Algumas das melodias mais famosas como Superman, E.T. o extraterrestre, Indiana Jones ou os primeiros três filmes de Harry Potter, são criações deste compositor. Precisamente, alguns cinéfilos têm comentado que existem umas semelhanças entre o universo de Stars Wars e Harry Potter.

Filmes de Star Wars: Tudo o que gera

O universo de Star Wars é infinito. Grande parte das cifras astronómicas são devidas ao fabuloso merchandising.

Os expertos asseguram que há mais de 140 videojogos de Star Wars. Obviamente todas as casas de consolas têm algum.

Entre o resto de merchandising pode encontrar taças, figuras, libros etc. Um dos materiais para colecionar mais famosos são as espadas laser.

Filmes de Star Wars: Porque não são só filmes

Entre os últimos filmes de Star Wars há algo mais. Depois de um ano do seu regresso ao grande ecrã, Disney preparou uma obra especial: Rogue One. Um filme independente que não segue nenhum dos episódios, uma peça que explica todas as intra-histórias da Guerra das Galáxias.

Últimos filmes de Star Wars: Suas paródias

Star Wars tem-se tornado em uma referência do mundo do entretenimento. Inúmeros anúncios, filmes, séries fazem referencia às trilogias em alguma ocasião. Estes são os que mais gosto:

Os Simpsons. Na temporada 18, Bart e Skinner têm uma batalha com uma recriação do Episódio III.  Ao mesmo tempo ouve-se a famosa musica de Duelo of the Fates.

Lego. A marca de brinquedos danesa tem feito referencia em várias de ocasiões a Star Wars. A empresa tem um parque temático, Legoland, no que dedica uma parte da sua decoração às obras de George Lucas. Assim como também, o seu próprio trailer do Episodio VII:

Já viu todos os filmes? É um verdadeiro fã da saga? Deixe a sua opinião! Deixe-nos saber quais são as suas razões para não perder os últimos filmes de Star Wars.

© 2018 Radio Ocidente

Tema por Anders NorenArriba ↑